Páginas

11.6.12

Se quiseres salvar alguém
Salva o todo e nunca o que diz
" Oh Tavares escreve um livro"
Saca da Heineken e salva o país.

Lembrar-me ti 
ou lembrar-me mim
Lembro-me de como gostava que fosse
A morte do meu primeiro cão
ou a morte do meu amor mais doce
Se por acaso encontrar, 
Hoje, o homem da minha vida
Não quero estar de pijama
o pijama é o ponto de partida.

O que se passa?
o jantar é para ti
Não me parece que te estejas a divertir
Não me parece que estejas a gostar
Queres um abraço?
Não seja por isso, eu posso-te abraçar.
Não é um abraço?
Não consigo salvar ninguém,
Não consigo viver no mundo
E Eu até gosto que me abraces
mas o meu cão morreu
e eu vou para o Inferno do fundo.

Fodes uma e outra nas horas vagas
Não há remédio para ti
Há bocado eras um homem
Mas agora achas-te um MC.

No comments: