Páginas

4.5.12







Vê como flui 
Vê como chegas
Desenvolvem as chagas
De um outro que eras

Convidando para entrar
Pedes por um amor
Mas isso eu não tenho
Não finjas essa dor
meu amor
por favor
por favor, meu amor.

Os meus lábios continuam
Eles não param na conversa
O sabor da tua boca
Acelera a minha pressa

A área Sul do teu corpo
Não corre tanto como a minha
Mas se um dia me vier
Há algum tempo que não me vinha.

Tenho saudades tuas
Da tua forma de amante
Saudades de me ir embora
Das tuas provas diamante.









2 comments:

Luís Freitas said...

Tenho um cabelo como o do hendrix e uma alma que percebe a tua. Pra já, chega ;)

Inês Soares said...

Eu nem percebo a minha alma, mas tu percebes. A única coisa que eu percebo é o teu cabelo!