Páginas

22.5.12


Tu não sabes nada de visitar
Tu nem olhas nada de saber
Não sabes nada de mijar
Nem sabes porra de viver.

 Sabias só da Casa do Homem de Todas as Idades
Onde um dia,

Uma idade podes ter.

No comments: