Páginas

2.4.12

Sou eu que decide quem és nas manhãs de Domingo,
se um imbecil ou um escravo de carne nova, se rezas duas horas do dia ou se duas horas do dia me dás.
Eu estou nos braços de outro dia enquanto gritas por uma prova
Mas é contigo que estou aos Domingos,
É a ti que digo
quero-te atrás.


No comments: