Páginas

26.2.12


    Sacas do teu Império de miniatura e já pensas que és o Imperador.
    Devias era cagar os restos de pictogramas que os outros te mostram
    quando não pensam
    Enquanto te comem.
    E no fim dizer que o amor é tudo
    No Universo do nada.

2 comments:

MónicaFonseca. said...

Voltaste ao teu pequeno reino Inês,onde és tudo e o nada ao mesmo tempo.
É com enorme anseio, que aguardo (sempre) as palavras que escreves. E fico a tremer sempre que leio cada palavra, porque tento compreender ao máximo. O que para mim é sempre um mistério, adoro mistérios, são eles que nos dão corda ao coração. E lêr aquilo que escreves faz-me sonhar,faz-me exatamente chegar ao ponto, onde o mar e a terra se unem.

Digo-te, continua a escrever, porque és sem duvida a rainha, do teu tempo,com a tua classe, com a tua história, e com o teu amor que faz saltar o coração dos outros. <3

Gosto de ti, sempre gostei. Cada vez mais.

Inês Soares said...

Obrigada *.* Gosto muito de provocar alguma coisa nas outras pessoas. Acho que é importante.

O amor é bom.