Páginas

21.11.10




apercebi-me que na tua cidade cheira a metafísica por todo o lado e que é impossível falar contigo por palavras, e sabendo que o teu silêncio é igual ao meu, a forma de o interromper varia brutalmente, assim como um amor proporcional à realidade.

3 comments:

Adrianaa said...

Que Profundo :'$
Aii, made me cryy .

You're Amazing my deaar

Inês Soares said...

Love ya *.*

GuroZen said...

Adorei as fotografias!