Páginas

1.11.10

  Sempre que retrata as suas memórias ou sonhos alucinados, um artista tem de se ampliar a si mesmo, o quero dizer com isto perguntam vocês? Quero dizer que o ambiente é muito importante, o ambiente envolvente é mesmo muito importante, é quase tão importante como a toda a premissa retratada na folha de papel.






















... O momento exigia tranquilidade, exigia um piano enaltecido sobre um estrado, e um Jazz como música de fundo, exigia todo o esforço da parte do escritor, exigia um café queimado e um maço de cigarros sem qualquer amostra no seu interior, exigia toda a sua dedicação e abstracção do mundo real, a história estava a terminar e o último capítulo esperava ansiosamente um ponto final.

4 comments:

Magda said...

Escreves maravilhosamente bem, até me tocas a alma! ♥

Luís Freitas said...

Sinceramente, encantas-me!

Inês Soares said...

Como nos filmes da Disney? *

Luís Freitas said...

Como em alguns deles, no da Cinderela não, nesse caso o encantamento desapareceria à meia noite e tu já terias menos um sapato ;)